QUE VERGONHA REGINA! MENTIR É COISA FEIA!


Por decisão do juiz Manuel Eduardo Pedroso Barros, da 12ª Vara Cível de Brasília, a atriz Regina Duarte terá de fazer uma retratação por espalhar uma notícia falsa sobre Marisa Letícia Lula da Silva, mais conhecida como Dona Marisa, mulher do ex-presidente Lula e morta em 2017. 

A informação foi divulgada pelo colunista do O Globo Ancelmo Gois.

O processo contra a ex-secretária a Cultura foi movido pelos filhos de Lula no último ano e ainda cabe recurso. 

Na informação divulgada por Regina, Dona Marisa teria R$ 256 milhões em sua conta, mas como divulgado posteriormente, o valor correto era de R$ 26.281,74.Na decisão, o magistrado entendeu que a atriz fora induzida ao erro por propagar a notícia falsa, mas considerou que a divulgação do conteúdo inverídico precisa de uma retratação.  

ENTENDA

Tudo começou depois que o juiz Carlos Henrique André Lisboa, da 1ª Vara de Família e Sucessões de São Bernardo do Campo (SP), pediu esclarecimentos sobre uma aplicação de Marisa Letícia no Bradesco. No despacho, o magistrado confundiu as cifras e apontou que havia R$ 2.566.468 em nome da ex-primeira-dama.

Posteriormente, a defesa de Lula comprovou que os investimentos não passavam de R$ 26 mil. O fato foi reconhecido pelo juiz e o erro admitido logo em seguida em nova decisão. 

Entretanto, durante esse meio tempo já circulavam boatos sobre quantias milionárias, inclusive muito superiores à estimada pelo magistrado, em nome de Marisa Letícia. No processo contra Regina Duarte, a defesa de Lula pediu também uma indenização de R$ 131 mil por danos morais. Essa, entretanto, foi negada.