Prefeito Coquinho fala sobre vídeo: "Quem lançou o veneno que pode se envenenar com ele, estou tranquilo."


Circula um vídeo nos grupos de whatsapp de autoria do Bruno Florentino, "personagem" conhecido da imprensa "marrom" da região tocantina, que grava e fala o que lhe pagam, que pratica uma imprensa que envergonha a todos nós jornalistas de carreira, aonde acusa sem provas, fala do que não sabe, não oferece direito de resposta, tudo em nome da POLITICAGEM DOS QUE O PAGAM PELA "MATÉRIA".

Procuramos o prefeito de Davinópolis, conhecido como Coquinho para falar sobre o vídeo e ele esclareceu os seguintes pontos:

  1. Que seguindo orientação do EX-Secretário de Saúde o sr. Julimar Hilarino, que fez primeiro a mesma DEDETIZAÇÃO nos postos de saúde e hospital, decidiu fazê-lo nos prédios públicos, pois tanto a infestação de ratos, quanto a presença de morcegos poderiam trazer doenças para crianças nas escolas, funcionários da prefeitura, assim como prestadores de serviços e a população como um todo;
  2. Bruno Florentino por ignorância ou má fé, fala em matar morcegos, por LEI morcegos não podem ser mortos e sim retirados, a remoção é complexa e deve obedecer normas técnicas rígidas;
  3. Os valores praticados pela empresa CS Controle foram muito abaixo de todos os praticados no mercado, o processo licitatório realizado de acordo com a lei e sem qualquer indicação de fraude, desigualdade, etc;
  4. Nem o ex-secretário Julimar Hilarino ou outro secretário reclamaram do serviço executado, pelo contrário autorizam o seu pagamento, devido a perfeição na execução e de acordo com o que determina a lei.
  5. Para encerrar o prefeito Coquinho informou que o Procurador do Município já foi acionado para tomar as devidas providências cabíveis quanto a CALÚNIA/DIFAMAÇÃO praticada pelo conhecido e venal Bruno Florentino, que seu video politiqueiro não irá atrapalhar as reformas que Davinópolis necessita. Disse ainda que o laudo fotográfico, o laudo técnico e vários vídeos estão a disposição da população, Ministério Público e TCE. Que o processo licitatório, a execução, assim como a autorização de pagamento estão devidamente assinada pelos ordenadores de despesa e secretários da pasta, não havendo nada que possa indicar ilícito qualquer. Disse ainda que desafia qualquer um a conseguir preço menor que o praticado para a mesma quantidade de prédios e complexidade do serviço.

Procuramos a empresa CS Controle para se manifestar sobre a questão, seu diretor disse que o vídeo em questão era criminoso e que cabe a justiça se manifestar. E nos disponibilizou a legislação ambiental que realmente não permite que se mate morcegos, provando que o Bruno Florentino levantou falso em seu vídeo, como dito antes, por ignorância ou má fé. Disse que está a disposição da justiça ou de quem quer que seja para qualquer esclarecimento.

Com relação ainda sobre a importância da remoção dos morcegos de salas de aula, prédios públicos e postos de saúde e do hospital, o responsável técnico da saúde citou vários links que falam das doenças transmitidas pelos morcegos, seu pelo e suas fezes, vários deles de secretarias de saúde de outros municípios e inclusive do Ministério da Saúde, são eles:

http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/smam/usu_doc/folder_morcegos_1.pdf

http://files.bvs.br/upload/S/1413-9979/2010/v15n2/a61-63.pdf 

http://www.saude.sp.gov.br/resources/instituto-pasteur/pdf/manuais/manual_08.pdf 

http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/RaivaGuiadeVigilancia.pdf 

http://www.dive.sc.gov.br/conteudos/publicacoes/Manual_de_Coleta_para_RaivaNovo.pdf 

http://www.aged.ma.gov.br/aged-participa-de-pesquisa-sobre-genetica-de-morcegos-e-circulacao-do-virus-da-raiva-no-maranhao/ 

http://www.aged.ma.gov.br/captura-de-morcegos-em-sao-domingos-marca-dia-mundial-contra-a-raiva/ 

http://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2016/04/morcegos-transmissores-da-raiva-sao-capturados-na-raposa-ma.html 

É uma questão de saúde pública, o Maranhão já teve várias mortes provocadas por morcegos em outros municípios.

Que entregou ao ex-secretário de saúde JULIMAR HILARINO o laudo fotográfico, assim como para o setor de licitação e fiscal do contrato e de imediato nos forneceu um pen drive com grande quantidade de fotos e vídeos da execução do serviço. A nossa reportagem, assim como nosso setor jurídico não encontrou nada nos documentos apresentados que possam indicar fraude ou dolo ao município e vindo de quem veio ficam claros os indícios de ATO POLÍTICO de opositores ou ex-aliados.

Segue abaixo informações sobre o objeto da licitação, um trecho das dezenas de vídeos enviados, fotos da execução do serviço, o pen drive tinha um conteúdo enorme que não iremos publicar aqui, mas tanto prefeitura, como a CS Controle se colocaram a disposição para fornecer a qualquer interessado o conteúdo completo dos laudos técnicos e fotográficos.