Com 361 mortes por Covid, média móvel é a menor desde 2 de dezembro


Com 361 mortes registradas por Covid-19 no Brasil nesta terça-feira, 7, a média móvel de mortes chegou a 536,9, menor valor desde 2 de dezembro -- na ocasião, o índice foi de 535,1. Além disso, foram completados 39 dias em que a taxa está abaixo de mil óbitos. A última vez que ela esteve acima foi em 30 de julho, quando 963 brasileiros foram mortos pela doença no país. 

 Além do número de mortes, a campanha de vacinação também segue impactando de maneira positiva a média móvel de novos casos. Com os dados das últimas 24 horas, o índice chegou a 19.529,7, menor valor desde 10 de novembro -- na ocasião, 25.012 brasileiros foram infectados pelo novo coronavírus. Já são nove dias consecutivos em que a curva de diagnósticos não apresenta aumento, segundo levantamento feito por VEJA.

O cálculo de médias móveis feito pelo levantamento de VEJA consiste em somar todos os registros dos últimos sete dias e dividir o total por sete. Assim, é possível ter uma visão ampla do atual momento da pandemia. Os gráficos ao final da matéria mostram a evolução diária da média móvel no Brasil, nas cinco regiões geográficas, nos 26 estados da Federação (mais o Distrito Federal) e nas 27 capitais do país.

 Com 13.645 novos casos e 361 mortes, o Brasil chega a 20.913.578 diagnósticos de Covid-19 e 584.171 óbitos desde o início da pandemia.